Buscar
  • Gabriel Sousa

A dengue tá aí!

A dengue ainda está aí e a gente precisa falar sobre. Segundo o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), entre Dezembro (28) de 2020 e Janeiro (25) de 2021, foram registrados 319 casos prováveis de Dengue, isso nas regiões de Zona da Mata e Campo das Vertentes.


Cataguases é a cidade mais grave, com 77 registros, seguido dela, vem Visconde do Rio Branco com 60 registros e Ubá com 44. Até o momento não há registro de óbitos por Dengue. Há ainda 8 registros de casos prováveis de Chikungunya em Leopoldina.

Se considerarmos toda Minas Gerais, já são 3.584 casos prováveis de Dengue (excluindo os descartados), dos quais 648 foram confirmados como sendo da doença, com 1 óbito. Casos confirmados de Chikungunya já são 84, já casos de Zika foram apenas 2 confirmados.


É importante lembrar que o melhor remédio ainda é a prevenção. Por isso evite o acúmulo de água parada em recipientes, pois períodos chuvosos podem favorecer o ciclo do mosquito, o que leva ao aumento da proliferação.